Judiciária investiga padre milionário

Pelo menos até ao ano de 2010, o padre Fernando Guerra, condenado no ano passado a três anos de pena suspensa por posse de armas proibidas, movimentou nas suas contas bancárias mais de cinco milhões de euros.

A Polícia Judiciária de Vila Real não encontrou explicação para a fortuna do padre, de 77 anos, e abriu um inquérito por suspeitas de branqueamento de capitais.

De acordo com o "Correio da Manha", Fernando Guerra é atualmente pároco em Montalegre e já foi ouvido no inquérito que deverá ser enviado em breve para o Tribunal de Chaves.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG