IVA dos restaurantes baixa em julho

Governo quer limitar a redução do IVA a restaurantes e só a partir de 1 de julho de 2014, depois de a troika sair de Portugal. Bebidas devem manter a taxa.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "o Ministério da Economia quer aproveitar a saída da troika em junho de 2014 para reduzir o IVA da restauração no mês seguinte. Aproveita-se assim também o habitual efeito sazonal do início do verão para maximizar o impacto político da medida, minimizando as consequências económicas".

Segundo o jornal, "o cenário mais provável a adotar no orçamento de 2014 é aquele que reduz ao mínimo a perda de receita para o Estado (entre 49 e 60 milhões de euros), deixando de fora todos os serviços relacionados com bebidas (cafés e discotecas), que continuarão a ter um IVA de 23%".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG