Vale e Azevedo envolvido em burla com a esposa

Vale e Azevedo volta a estar envolvido em mais um esquema criminoso. Juntamente com a sua esposa e dois amigos franceses, utilizou falsas garantias bancárias para obter empréstimos e garantir cauções aos tribunais.

Apesar de se ter apoderado de mais de um milhão de euros, o ex-presidente do Benfica não conseguiu o golpe final porque o BPN e o BCP não caíram no engodo, noticia o Correio da Manhã.

Ao BPN queria extorquir 25 milhões e ao BCP 12,5 milhões. Além dos bancos, também os familiares, irmão, sobrinho e cunhado, foram enganados. Agora Vale e Filipa Azevedo foram acusados pelo Ministério Público, ele por oito crimes de burla qualificada e ela por coautoria.

O despacho do MP informa que o esquema começou a ser engendrado já no início de 2000.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.