Suspeitas de milhões em luvas nos vistos dourados

Altos responsáveis do Estado investigados por corrupção na atribuição de vistos para imigrantes que investem em casas de luxo.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "dois responsáveis por organismos dos ministérios da Justiça e da Administração Interna, a par de um juiz num alto cargo do Estado e de elementos dos serviços secretos, estão sob investigação num processo por fortes suspeitas de corrupção e tráfico de influências nas atribuições de vistos dourados (Gold) em Portugal a imigrantes extracomunitários".

Segundo o jornal, "em causa na investigação estão suspeitas de recebimento de luvas milionárias por parte de responsáveis do Estado que têm o poder de decisão em todo o processo de atribuição de vistos a imigrantes. Sobretudo chineses e angolanos, que fazem investimentos imobiliários em Portugal superiores a 500 mil euros".

Exclusivos