Sócrates pede a deputados para chumbar o OE

O ex-secretário-geral do PS, José Sócrates, telefonou a deputados socialistas que lhe são próximos pedindo para que estes pressionem o grupo parlamentar socialista para que vote contra o Orçamento de 2012.

Esta a notícia que faz hoje, domingo, manchete no jornal "Público", que justifica desta forma esta atitude de José Sócrates: "Aprovação do OE significaria o reconhecimento da herança do 'desvio colossal'".

Ainda segundo este diário, o actual líder socialista, António José Seguro, continua a resistir à pressão do seu partido "até negociar com o Governo".

Exclusivos

Premium

Leonídio Paulo Ferreira

Nuclear: quem tem, quem deixou de ter e quem quer

Guerrilha comunista na Grécia, bloqueio soviético de Berlim Ocidental ou Guerra da Coreia são alguns dos acontecimentos possíveis para datar o início da Guerra Fria, que alguns até fazem remontar à partilha da Europa em esferas de influência por Churchill e Estaline ainda o nazismo não tinha sido derrotado. Mas talvez 29 de agosto de 1949, faz agora 70 anos, seja a melhor opção, afinal nesse dia a União Soviética fez explodir a sua primeira bomba atómica e o monopólio da arma pelos Estados Unidos desapareceu. Sim, foi o teste em Semipalatinsk que estabeleceu o tal equilíbrio do terror, primeiro atómico e depois nuclear, que obrigou as duas superpotências a desistirem de uma Guerra Quente.