Só carros acima dos 25 mil euros vão ter agravamento no IRC

Subida da tributação autónoma mantém-se apenas para os carros acima dos 25 mil euros. Pagamento especial por conta também já não vai aumentar.

O "Jornal de Negócios" escreve hoje que "a tributação autónoma a aplicar às viaturas das empresas vai subir, mas menos do que inicialmente previsto na reforma do IRC e o aumento incidira sobre os carros de maior cilindrada, com valor comercial acima dos 25.000 euros. Esta é uma das propostas de alteração ao projeto de reforma do IRC que deram entrada no Parlamento na passada sexta-feira, 6 de dezembro, pela mão da maioria PSD/CDS-PP".

Segundo o jornal, "com esta proposta de alteração, os carros de valor comercial até 25 mil eruos continuarão a pagar 10% em sede de tributação autónoma. A proposta de reforma previa um agravamento para os 15%, para viaturas até 20 mil euros. Desta forma, o aumento mantém-se, mas apenas para os carros acima dos 25 mil euros, que, até aos 35 mil euros passam a suportar uma taxa de 27,5% e de 35 mil euros para cima pagarão 35%".

Ler mais

Exclusivos