Refer contratou 'swaps' exóticos

Maria Luís Albuquerque, atual secretária de Estado do Tesouro, diz que produtos da empresa onde foi diretora financeira passaram na avaliação feita pelo Governo para identificar 'swaps' problemáticos. Especialistas dizem que são "exóticos". Refer tem perdas potenciais de 40 milhões.

Contratos de derivados exóticos, efeitos opostos aos que em geral se esperam por subida das taxas de juro ou ausência de dados recentes por "lapso", são marcas das operações de 'swaps' realizadas pela Refer onde a secretária de Estado do Tesouro teve responsabilidades na área financeira. Maria Luís Albuquerque admite que há "lapsos" na falta de dados e defende que as operações da Refer não foram consideradas "problemáticas" pelos critérios usados pelo IGCP (Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública, segundo o "Jornal de Negócios".