Portugueses são quem mais gasta com a conta da luz

Famílias portuguesas despendem a maior fatia do rendimento disponível com a eletricidade, entre 15 países europeus. Estudo afirma que os preços em Portugal e Espanha deixaram de ser inferiores à média europeia e passaram a estar acima, num "salto impressionante".

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "de 15 países da União Europeia, as famílias portguesas são as que mais esforço fazem para pagar a luz. Em 2014, a fatura volta a subir (2,8%) e os consumidores ainda não começaram a pagar todo o crescente défice tarifário".

Segundo o jornal, "as famílias portuguesas gastaram quase 6% do seu rendimento disponível na conta da eletricidade, no ano passado. Foi o maior esforço entre 15 países da União Europeia e, este ano, terá sido ainda maior, já que a luz continuou a subir e o rendimento disponível a descer. E, no entanto, está a acumular-se um dívida resultante das decisões políticas e que, um dia, terá de ser paga. A conta ao esforço das famílias foi feita pela consultora nórdica Vaasa ETT. Tomando em conta o poder de compra em cada país, concluiu que é em Portugal que a luz mais pesa nas despesas familiares, muito devido à subida do IVA para 23%, em 2012. Em consequência, e "de forma inseperada", os preços em Portugal e Espanha deixaram de ser inferiores à média europeia e passaram a estar acima, num "salto impressionante", lê-se no estudo".

Exclusivos