PGR analisa contratos da Metro do Porto

A Procuradoria-Geral da República confirmou ao jornal i que está "a proceder à recolha de todos os elementos" para decidir instauração de procedimento criminal.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) não recebeu até ao momento qualquer conclusão da Inspecção-Geral das Finanças sobre as irregularidades em investimentos de alto risco das empresas públicas, garante hoje o jornal i.

Ainda assim, avançou fonte oficial ao i, "a PGR está a proceder à recolha de todos os elementos que lhe permitam decidir da instauração do respectivo procedimento criminal".

Em causa está o apuramento de irregularidades em investimentos da responsabilidade de actuais e ex-secretários de Estado do governo PSD/CDS em nome das empresas públicas que podem lesar os contribuintes em mais de 3 mil milhões de euros a favor da banca - três vezes mais que o valor do chumbo das medidas inconstitucionais do OE, explica o i.

Ler mais

Exclusivos