"Ninguém sai da política de mãos limpas"

D. José Policarpo, faz hoje manchete no Jornal de Notícias. Em entrevista que marca os 50.º aniversário da sua ordenação, o cardeal patriarca de Lisboa afirma que faltam decisões políticas mais humanas. E diz mesmo que "na política directa como ela é feira hoje ninguém sai de lá com as mãos limpas".

Afirmando que mesmo num contexto de crise "a resposta da Igreja é sempre a do amor fraterno", D. José Policarpo afirma no entanto que nos últimos 50 anos mudou muito.

"A Igreja que está no mundo hoje tem de perceber que está num mundo que é completamente diferente do que era há 50, 40 e 30 anos", diz José Policarpo ao "Jornal de Nótícias".

Exclusivos