Moreira acusa Governo de ignorar Porto na gestão dos apois da UE

Município exige ter participação ativa na conceção do Quadro Comunitário de Apoio.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "a Câmara do Porto está a ser "ostensivamente ignorada" pelo Governo na definição das prioridades para o próximo Quadro Comunitário de Apoio (QCA). E o presidente, Rui Moreira, acusa-o de apresentar propostas tão centralistas que nem a Comissão Europeia aceita. Porém, o Governo garante não haver "prejuízo para a Região Norte" e desmente que Bruxelas tenha recusado assinar o Acordo de Parceria proposto por Portugal".

Segundo o jornal, "numa moção apresentada ontem por Rui Moreira numa reunião municipal, a Câmara do Porto argumenta que a Comissão Europeia recusou assinar o Acordo de Parceria, por considerar que não acautela os mecanismos de promoção de coesão territorial e de valorização das regiões de convergência, nomeadamente o Norte. Posição que levou a Comissão Europeia a reagir. Na moção, Rui Moreira exige ter uma participação ativa na conceção e negociação do QCA. Reclama ainda que pelo menos uma das unidades de gestão fique sediada no Norte. A moção foi aprovada por todos os membros do Executivo, à exceção de dois vereadores do PSD".

Ler mais

Exclusivos