Líder da JSD quer acabar com saúde e educação grátis

O jornal i faz hoje manchete com o novo líder da JSD que quer acabar com a saúde e a educação "tendencialmente gratuitas".

O futuro líder da JSD, Hugo Soares, defende o fim da educação e da saúde tendencialmente gratuitas em Portugal. A ideia foi defendida na moção "Cumprir Portugal" que, Hugo Soares, único candidato à liderança, vai levar ao congresso dos jovens social-democratas, que se inicia hoje em Fátima, diz o jornal i.

O candidato diz, no documento, que é "hipócrita e socialmente iníqua a tendencial gratuitidade da educação e da saúde, levando a que haja espaço para uma educação/saúde de primeira e de segunda". Hugo Soares acrescentou ainda que "pagando todos o mesmo, a afetação de recursos é feita de forma ineficiente. Quem tem mais tem de pagar mais, para podermos proteger aqueles que têm menos rendimento", cota o i.