Isaltino Morais livre para poder sair de Portugal

Os interesses económicos de Isaltino Morais em Moçambique estão a ser acompanhados pela Polícia Judiciária, mas o autarca de Oeiras pode sair do país sem qualquer obstáculo legal.

De acordo com a edição de hoje do "Correio da Manhã", todas as medidas de coação sobre Isaltino Morais estão extintas, desde que este foi preso por apenas um dia, e não foram renovadas pelo tribunal de Oeiras.

A situação está a provocar um vazio para as autoridades judiciais. Isaltino pode viajar sem qualquer constrangimento e, apesar de existir informação relevante sobre a criação de empresas e, fixação de residência em Moçambique, as polícias nada podem fazer enquanto o Tribunal de Oeiras não decidir se determina novas medidas de coação antes de ser emitido um mandato de detenção para condução à prisão. Até o tribunal decidir o que vai fazer, o conhecimento da PJ sobre o risco de fuga é puramente informal.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...