Investimento na rede elétrica fará preços subirem 1,7%

O regulador estimou impacto dos investimentos propostos pela REN para 2018. A ERSE diz que plano não se justifica e defende revisão.

O "Jornal i" escreve hoje que "o plano de investimentos na rede elétrica proposto pela REN (Redes Energéticas Nacionais) terá um impacto médio na subida dos preços finais de 1,7% em 2018. As contas são feitas no parecer da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) ao plano proposto pela REN para desenvolver a rede de transporte entre 2014 e 2018. O Plano prevê investimentos de 1065 milhões de euros, que deverão atingir, entre 2015 e 2017, um valor médio de 228 milhões de euros. o impacto nos preços finais em 2018 será maior para os clientes industriais, variando entre 1,8% e 2,2% para a média tensão. O impacto anual estimado para as famílias é de 1,4% num período em que Portugal está a ter dificuldades em cumprir o que prometeu á troika: eleiminar o défice tarifário até 2020".

Ler mais

Exclusivos