Efromovich já tem viagem marcada para Lisboa

O Governo vai hoje decidir se a venda da TAP ao grupo Synergy vai avançar. Germán Efromovich não vai estar cá quando a decisão for anunciada mas já tem viagem marcada para a capital portuguesa.

Em declarações ao Jornal de Negócios, poucas horas antes da decisão sobre a venda da TAP, o líder da Synergy Aerospace afirmou ser "um otimista por natureza", acrescentando que "isso faz todo o sentido para Portugal".

Quando questionado acerca de um possível mau cenário para este operação, o empresário declarou: "Para mim só tem um [cenário], ter o privilégio de operar a TAP Air Portugal...". Quando o Governo anunciar hoje a sua decisão, Efromovich não vai estar cá, mas tem viagem marcada para o fim de semana.

Caso fique com a TAP terá que pagar no imediato 10 milhões de euros, sendo a segunda tranche paga no inicio do próximo ano e a última em março. O Deutsche Bank juntamente com mais dois bancos norte-americanos e um suíço serão os financiadores do grupo Synergy..