Efromovich diz estar surpreso com decisão do Governo

Em entrevista ao Diário Económico, o empresário colombiano afirma estar surpreso com a decisão do Governo e diz que houve "um equívoco".

Germán Efromovich diz-se surpreendido com a decisão do governo: "fiquei surpreso. Até gora não compreendi", declara ao Diário Económico.

O empresário garante que tudo não passa de um "mal-entendido" já que as garantias bancárias não foram apresentadas porque só o teriam de ser no dia da assinatura do contrato de venda, a acontecer no dia 27 deste mês.

"Fizemos uma proposta ao Estado português, muito boa, agressiva. A própria secretária de estado, Maria Luís, reconheceu isso mesmo na conferência de imprensa onde foi anunciada a decisão do Conselho de Ministros", declara Efromovich, acrescentando que pensa ter havido "um equívoco, um curto-circuito de informações".

Exclusivos