Cirurgias em Cuba usadas para turismo sexual

João Nabais, ex-autarca do Alandroal, a 21 de fevereiro, por 207 crimes de peculato. É acusado de ter feito 120 viagens "para exclusiva satisfação do seu interesse lúdico".

A maioria das viagens (89) diz respeito a deslocações e pernoitas em Lisboa, enquanto as restantes tiveram como destino os Açores e a Madeira e, sobretudo, o estrangeiro. Para a acusação, estas "não contribuíram nem eram susceptíveis de contribuir para a satisfação dos interesses do município", de acordo com o Jornal de Notícias. O seu principal motivo, segundo o Ministério Público, prendia-se com o gosto do ex-autarca do PS por viagens, "diversão nocturna" e "turismo sexual".

Assim terá sido, até, com cinco viagens do "Programa Milagre", que João Nabais delineou em 2008 a pretexto de garantir operações às cataratas, em Cuba, a 50 munícipes.

Relacionadas

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Notícias
Pub
Pub