Assunção Esteves compara manifestantes com "carrascos"

Dezenas de pessoas pediram a demissão do Governo no Parlamento. Próxima conferência de líderes vai debater o acesso ás galerias.

O "jornal i" escreve que "não podemos deixar que os nossos carrascos nos dêem maus costumes", foi a frase de Simone Beauvoir adaptada por Assunção Esteves para prosseguir a sessão plenária após dezenas de pessoas terem sido retiradas das galerias do parlamento - gritando "demissão" e "25 de Abril sempre, fascismo nunca mais". A frase vaelu á Presidente da Assembleia da República contestação alargada nas redes sociais e que a própria já veio desvalorizar dizendo que se referia a "qualquer elemento de perturbação".

Segundo o jornal, "a comparação feita por Assunção Esteves levantou críticas imediatas. A expressão de Simone Beauvoir, ontem citada pela líder dos deputados, foi escrita no pós-Segunda Guerra Mundial. Para a filósofa francesa, os "carrascos" que criaram maus hábitos no seu país foram os nazis, durante o período da ocupação. Assunção Esteves explicou, após o plenário, que utilizou a expressão "sem querer ofender nada nem ninguém". "Significa que quando as pessoas nos perturbam não devemos dar atenção", disse".