Anacoreta Correia diz que CDS "não sabe o que quer"

Em entrevista ao Público, Filipe Anacoreta Correia, democrata-cristão, afirmou que apesar de ser normal alguma tensão na coligação entre o PSD e o CDS, o último tem um "problema de coerência" e "não sabe o que quer", o que se torna "dramático para o País".

O fundador do movimento 'Alternativa e Responsabilidade', corrente interna do CDS de oposição à direção de Portas, afirmou que um partido que tenha aspirações a ser maior "não pode estar tão dependente do seu líder", cita o Público.

A entrevista foi realizada no dia seguinte a Passos Coelho afirmar que gasta mais tempo como CDS do que com seu próprio partido. Filipe Anacoreta Correia afirmou que o CDS "tem que resolver um problema de coerência grande", no sentido em que "não pode dizer que serve o País num caminho, que é estar no Governo, e ao mesmo tempo dizer que esse caminho é odioso e faz mal ao País".

O democrata-cristão acrescentou que "é compreensível que o CDS mantenha divergências no seio da coligação", no entanto considera que o partido "não sabe o que quer e isso é dramático para o País".

Exclusivos