Igrejas fechadas durante a semana

Dioceses têm dado indicações para que as igrejas estejam fechadas nos dias de semana por causa da crise.

O cónego José Paulo Abreu, vigário geral da diocese de Braga, diz ao Correio da Manhã que há paróquias em pré-falência e que não é possível manter por mais tempo os custos de resultantes de ter uma igreja aberta todos os dias.

As dioceses estão ainda a apelar à contenção de custos em obras.

Segundo as contas do jornal, a manutenção das igrejas custa uma média de 300 euros mensais, 20 milhões de despesa anual em Portugal e os ofertórios são apenas metade, ou seja, 10 milhões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG