IEFP dá emprego a mulhers na fábrica que as despediu

Centro de emprego convocou desempregadas para firma que as tinha dispensado e que lhes devia 190 mil euros.

No final do mês de julho, pelo menos cinco antigas empregadas da fábrica de laticínios do Mileu receberam uma carta do centro de emprega com uma oferta de trabalho. "Quando ouvi o nome do empregador achei que estavam a gozar connosco", diz uma das ex-funcionárias ao "Jornal de Notícias".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG