Há mulheres a ser vendidas por 35 mil euros em Portugal

Mulheres vítimas de exploração sexual são vendidas no nosso país por 35 mil euros. Muitas mulheres vêm na ilusão de que terão um emprego (84% das motivações são falsos empregos) e acabam exploradas e até vendidas.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "as estatísticas oficiais contam apenas uma pequena parte da triste história do tráfico e exploração de seres humanos em Portugal. Dois investigadores do Instituto de Estudos Estratégicos e Internacionais (IEEI) identificaram 115 vítimas de tráfico humano. Só 11% tinham sido identificadas pela polícia criminal e 98 não estavam sinalizadas. Os investigadores estimam que todos os anos, haja pelo menos 250 a 270 pessoas que são traficadas em Portugal como destino, trânsito ou origem, mais do triplo do que dizem os dados oficiais. O facto de Portugal ser tambêm uma país de trânsito - "completamente ausente das estatísticas" - foi outra conclusão que tiraram".

Segundo o jornal, "o estudo ontem apresentado diz que Portugal está integrado nas principais rotas de tráfico de seres humanos. Mais de dois terços das pessoas traficadas em Portugal (67%) são vítimas de exploração sexual, mas também há casos (30%) de tráfico para exploração laboral e servidão doméstica. Muitas mulheres vêm na ilusão de que terão um emprego (84% das motivações são falsos empregos) e acabam exploradas e até vendidas entre angariadores por 35 mil euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG