Há médicos a dar cartões de desconto em medicamentos

Alguns laboratórios farmacêuticos estão a pôr médicos a dar cartões de desconto aos utentes, que permitem a estes comprar medicamentos caros. Infarmed vai fiscalizar e promete agir.

O "Público" escreve hoje que "a estratégia é recente: alguns laboratórios farmacêuticos estão a pôr médicos a entregar aos seus doentes cartões de desconto que lhes permitem comprar alguns medicamentos caros a preços mais reduzidos nas farmácias. O objectivo é tornar mais acessíveis fármacos de receita médica obrigatória, sem baixar os valores de venda ao público em Portugal, o que teria reflexos nos preços a nível internacional e estimularia a chamada exportação paralela".

Alguns médicos não estão de acordo, afirmando que "as Unidades de Saúde Familiares não são hipermercados onde se distribuem cartões de desconto" e que "há utentes a recorrer à unidade para pedir o cartão de desconto".

Segundo o jornal, "para o Bastonário da Ordem dos Médicos, que desconhecia este tipo de campanhas, a questão deve, em primeiro lugar, ser avaliada pelo Conselho de Ética e Deontologia da instituição. "Fere a sensibilidade que o médico seja o veículo (do desconto)", considera, acreditando, porém, que a situação poderá "não levantar questões éticas" porque "quem beneficia é o doente, não o médico". O Infarmed vai investigar o caso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG