Há mais pobres do que as estatísticas oficiais contabilizam

Os últimos dados sobre pobreza retratam o país em 2010. Especialista apresenta novos cálculos que dizem que mesmo nesse ano já havia mais 160 mil pobres que os anunciados. Hoje serão muitos mais, escreve o 'Público'.

Os dados do Instituto Nacional de Estatística revelam que, há dois anos, 18% da população - cerca de 1,8 milhões de portugueses - vivia abaixo do limiar da pobreza (421 euros por mês). Porém, cálculos feitos para o 'Público' por Carlos Farinha, investigador do Instituto Superior de Economia e Gestão, mostram que mesmo nesse ano o peso das pessoas com dificuldades pode ter sido superior: 19,6% dos portugueses. De então para cá, acredita, muitos mais se lhes terão juntado.

Outros Conteúdos GMG