Governo sondou Bruxelas sobre cautelar mais suave

A cerca de um mês do fim do programa de ajustamento, o Governo sondou Bruxelas, informalmente, sobre a possibilidade de aceder a um programa cautelar suave, a chamada linha PCCL. A possibilidade não está fechada, mas as posições do norte da Europa encaminham Portugal para uma "saída limpa".

O "Diário Económico" escreve hoje que "o Governo sondou a Comissão Europeia, de forma informal, para saber se um programa cautelar mais suave seria apropriado para Portugal. No entanto, a descida a pique dos juros da dívida, aliada às eleições europeias e à falta de vontade de países como a Áustria e a Finlândia para participar no cautelar continuam a empurrar o país para uma "saída limpa". O tema começa amanhã a ser preparado com a troika naquela que será a última avaliação ao programa de ajustamento".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG