Governo junta centros de emprego e Segurança Social

Numa primeira fase, a junção dos pontos de atendimento vai abranger 15 localidades, mas no futuro o objetivo é levar este projeto a outras cidades e avançar para a integração total dos dois serviços.

O "Público" escreve hoje que "o atendimento ao público dos centros de emprego e dos serviços da Segurança Social vai passar a ser feito no mesmo local. Numa primeira fase, a partilha do espaço ocorrerá em 15 localidades, mas a intenção é alargar estes projetos-piloto a outras cidades do País e, numa segunda fase, vir a integrar totalmente o atendimento dos dois serviços. O tema foi abordado numa das últimas reuniões da comissão de trabalhadores (CT) com o presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), Jorge Gaspar. O calendário e os locais onde essa partilha de espaços ocorrerá ainda não foram divulgados, mas os trabalhadores esperam que haja mais promenores na reunião agendada para finais de maio".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG