Governo diz que rescisões visam evitar despedimentos

Executivo vai começar a discutir hoje com os sindicatos as condições para avançar com as rescisões na Função Pública. Governo vai defender que os planos de rescisões visam evitar futuros despedimentos.

O "Diário Económico" escreve hoje que "o secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, disse ontem, no Parlamento, que os planos de rescisões amigáveis na Função Pública, que começam hoje a ser negociados com os sindicatos, visam evitar despedimentos no Estado. "As rescisões visam evitar que essa situação (despedimentos) venha a ser posta em cima da mesa", sublinhou Hélder Rosalino perante os deputados da comissão parlamentar de acompanhamento do programa de ajustamento".

Segundo o jornal, o governante criticou a oposição, nomeadamente o PS que, segundo Hélder Rosalino, tem confundido rescisões por mútuo acordo com despedimentos. "As rescisões pressupõem um acordo entre a entidade empregadora e o trabalhador", frisou.

Exclusivos