Galiza aprova ensino do português nas escolas

O parlamento da Galiza aprovou por unanimidade o ensino do português nas escolas. O governo definiu como "objectivo estratégico" o relacionamento com países lusófonos.

O "Jornal i" escreve hoje que "o primeiro passo está dado e partiu de uma iniciativa popular: mais de 17 mil galegos assinaram uma petição a exigir o ensino da língua portuguesa nas escolas e um maior aproveitamento da "riqueza" do português do lado de lá da fronteira. As assinaturas foram recolhidas em 2012 e o Parlamento da Galiza aprovou ontem, por unanimidade, a lei que permitirá, nos próximos quatro anos, aumentar o peso português no território galego".

Segundo o jornal, "na prática, a língua portuguesa será integrada de forma progressiva e me todos os níveis de ensino das escolas galegas como língua estrangeira opcional. E o conhecimento do português passará a ser considerado uma mais-valia no acesso à função pública. O segundo artigo da proposta de lei define como "objectivo estratégico" do governo da Galiza o relacionamento com os países de língua oficial portuguesa - aproveitando as semelhanças linguísticas com o galego".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG