Fraude de milhões nos subsídios já estava em Braga

Uma rede que defraudou a Segurança Social em três milhões de euros em Vila Nova de Gaia já estava a alargar atuação à zona de Braga. Esta foi uma das razões pelas quais a PJ do Porto avançou para a detenção de 15 suspeitos.

A extensão das atividades fraudulentas e ainda o facto de o esquema se prolongar desde 2005 foram as razões determinantes da colocação do mentor em prisão preventiva.

Segundo o Jornal de Notícias, atuando como suposto solicitador, em articulação com um escritório de advogados em Gaia, Alexandre Sabino é suspeito de crimes de associação criminosa, burla tributária e ainda procuradoria ilícita. Pelos dados até agora apurados pela investigação, o número de beneficiários desta fraude ascende a 260.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG