Farmácias suspeitas de tráfico

A Alliance Healthcare, sociedade detida em 49% pela Associação Nacional de Farmácias está no centro da investigação judicial a um alegado esquema de exportação ilegal de medicamentos.

De acordo com o "Correio da Manhã", o esquema, descrito num despacho do juiz Carlos Alexandre era muito simples: uma rede de 29 farmácias, que está na origem da investigação do DCIAP, terá comprado remédios a vários fornecedores, devolvendo-os de seguida à Alliance Healthcare, que, por sua vez, os terá exportado para países terceiros com margens de lucros que podiam chegar a 50%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG