Fabricavam notas falsas de 50 euros que vendiam a 8

Grupo de Lousada fabricou mais de 75 mil euros em notas falsas até ser apanhado pela Polícia Judiciária do Porto.

O "Jornal de Notícias" escreve hoje que "produziram pelo menos 75 mil euros em notas falsas de 50 euros, de boa qualidade, que vendiam a oito euros cada. O grupo de seis arguidos, quatro deles na prisão, começa este mês a ser julgado em Lousada. Para o Ministério Público (MP) de Lousada, quatro dos arguidos eram as figuras-chave de uma estrutura organizada cujo único objetivo era fabricar as notas e vendê-las (a clientes angaridados por um elemento do grupo) para serem introduzidas no circuito legal. O esquema foi posto em andamento no início do ano passado".

Segundo o jornal "a brigada da moeda falsa da Polícia Judiciária do Porto fez várias escutas de conversas telefónicas entre os arguidos e que são parte importante da acusação. Em causa estão crimes de contrafação e passagem de moeda falsa, para além de associação criminosa. A 5 de abril, a judiciári intercetou uma entrega de dinheiro a um cliente no parque de estacionamento do MaiaShopping. Na altura, dois elementos do grupo tinham em sua posse 65 mil euros em notas falsas."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG