Ex-gestora do Lehman Brothers quer gerir lixo do BPN

A Whitestar, empresa de recuperação de créditos de cobrança duvidosa a operar em Portugal, junta-se aos interessados para gerir os ativos tóxicos do BPN.

O "jornal i" escreve na sua edição de hoje que "a Whitestar, uma empresa de recuperação de créditos de cobrança duvidosa que opera em Portugal e fez parte do universo do banco de investimento Lehman Brothers, vai participar no concurso que o Governo lançará ainda neste trimestre para a gestão da carteira de créditos problemáticos do BPN, apurou o jornal junto de fonte oficial da empresa. A companhia integra hoje a massa falida do Lehman Brothers, o banco cuja falência em 2008 marca o pico da crise mundial do crédito hipotecário. Em vez de desaparecer ou de ser vendida num bloco a preço de saldo, a Whitestar beneficiou da estratégia da Pricewaterhouse Coopers, a empresa nomeada para administrar na Europa o longo e complexo trabalho de desmembramento e liquidação de um dos maiores bancos de investimento do mundo".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG