Estudo inédito revela que frio aumenta enfartes

Metade das vítimas não têm aquecimento em casa e muitos têm mas não o ligam "O frio está esquecido em Portugal", diz autor do estudo.

Por cada grau a menos nos dias de Inverno há um aumento de 2,2% nos casos de enfarte que chegam aos hospitais de Lisboa e de 1,7% nas unidades do Porto. É a primeira vez que existe uma relação clara entre o frio e doenças cardiovasculares em Portugal, o país europeu onde há uma maior discrepância entre as mortes nos meses quentes e nos meses frios.

As conclusões foram publicadas este mês na revista científica "Environmental Pollution" e são, na opinião dos autores, uma chamada de atenção gritante. "O frio está esquecido em Portugal", disse ao jornal "i" João Vasconcelos, investigador do Instituto Politécnico de Leiria e autor do trabalho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG