Empresas vão pagar mais por seguros de acidentes

O Instituto de Seguros de Portugal está preocupado com os acidentes de trabalho, pedindo às seguradoras que adequem os preçários ao nível de risco.

O "Diário Económico" escreve hoje que "o Instituto de Seguros de Portugal (ISP) está seriamente preocupado com a situação de várias seguradoras, no que aos acidentes de trabalho diz respeito, e enviou, por isso, no início do ano, uma carta onde fala em casos de desequilíbrio técnico e na necessidade de pedir informação extensa, realizar inspecções e obrigar, assim, o sector a corrigir as atuais actuais falhas".

Segundo o jornal, "o ISP fala sem rodeios nos cada vez piores e mais gravosos resultados verificados num cada vez maior número de companhias e exige que estas proponham medidas para corrigir a situação. A entidade recorda o peso dos acidentes de trabalho no negócio segurador e a necessidade de a exploração desta área de actividade se ajustar aos riscos que assume, algo que actualmente não acontece em várias companhias".

Para o Instituto, "a atual situação resulta não só da deterioração da situação económica em Portugal mas muito da queda dos preços que resultou da forte concorrência neste segmento. Em consequência, várias seguradoras registam já prejuízos nesta área, que o ISP considera preocupantes. As companhias terão, por isso, nos casos que merecem cuidado, de ajustar preços e reforçar provisões".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG