Empresas querem tribunais para grandes crimes económicos

Empresários entendem que os grandes litígios devem ser julgados por juízes com vocação económica.

O "Diário Económico" escreve na sua edição de hoje que "as empresas querem que seja criada em Portugal um "tribunal" nos mega-processos económicos, isto é, nos conflitos de mairo complexidade. Esta é uma das propostas que as empresas portuguesas deixam ao poder executivo no recente estudo sobre "Justiça Económica", com o objectivo de tornar mais rápidas e eficazes as decisões judiciais e de colocar a justiça ao serviço da economia, uma das exigências da "troika".

Segundo o jornal, "no estudo é sugerida a conversão de varas cíveis de Lisboa e Porto numa secção especializada para mega-processos económicos, onde a complexidade dos instrumentos financeiros em causa justifica a intervenção de um juiz com formação e vocação específica em economia e negócios, tal como existe no modelo irlandês".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG