Duarte Lima pode escapar à prisão se não sair do País

Duarte Lima, o ex-deputado social-democrata acusado pela justiça brasileira do homicídio de Rosalina RIbeiro, pode nunca ir sequer a tribunal responder pelo crime.

O semanário "Expresso" escreve este sábado em primeira página que basta a Duarte Lima nunca sair de Portugal para que, mesmo que seja condenado, possa nunca vir a ser preso.

Isto porque, escreve o semanário, "embora, em teoria, possa ser julgado cá por crimes cometidos no estrangeiro, a justiça brasileira não confia nos tribunais portugueses, preferindo tentar capturar" o arguido.