Crise no Egipto ameaça os têxteis portugueses

Aquele país é um dos maiores exportadores de algodão e o preço da matéria prima pode disparar. Empresários receiam que "a era da roupa barata esteja a acabar".

Os empresários portugueses dio sector têxtil receiam que na sequência da revolta no Egipto o preço do algodão dispare e que por isso os preços batam recordes, escreve o "Jornal de Negócios".

"Se houver uma subida do preço, atingiremos valores absolutamente incomportáveis. Pode determinar escassez de abastecimento", admitiu Paulo Vaz, secretário-geral da Associação dos Têxteis de Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG