Conservas ultrapassam cervejas nas exportações

Cervejas caem 14,6% nas exportações e são ultrapassadas, pela primeira vez, pelas cervejas.

"A indústria das cervejas já não é a terceira maior exportadora entre os produtos agrícolas e alimentares. A posição que ocupava desde 2011 é, agora, preenchida pelas conservas de peixe, que, em cinco anos, nunca contribuíram tanto para as vendas internacionais do sector agro-alimentar", escreve hoje o Público.

As "exportações de cerveja caíram 14,6%, para um valor total de 199,6 milhões de euros, o que atira este produto para a quarta posição do ranking das exportações agro-alimentares, numa tabela liderada pelo vinho e azeite. As vendas de cerveja representam, agora, 3,9% das exportações do sector, o que significa um recuo para níveis de 2009, quando a indústria vendia pouco mais de 136 milhões de euros", refere o jornal.

O diário nota ainda que só "para Angola, que compra quase 62% da bebida produzida em Portugal, a queda foi de 26,3 milhões".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG