Carlos Cruz às portas da prisão

Processo transita hoje em julgado. Carlos Cruz, Jorge Ritto e Manuel Abrantes regressam à prisão dentro de dias.Médico Ferreira Diniz alega prescrição de metade dos crimes.

O "Correio da Manhã" escreve hoje que "é o fim do megaprocesso "casa Pia" para Carlos Cruz, Manuel Abrantes e Jorge Ritto, condenados a penas de prisão efetivas por abusos sexuais. Para estes três arguidos, o caso transita hoje em julgado, confirmou fonte oficial do Tribunal Constitucional, o que significa que dentro de dias vão regressar à cadeia para cumprir as respetivas penas. "neste momento, não há nenhum requerimento que obsta ao trânsito em julgado desta decisão do Tribunal Constitucional", respondeu fonte oficial do Palácio Ratton ao jornal".

Segundo o Correio da Manhã, já quanto a Ferreira Diniz, "a situação é mais complexa. Depois de ter perdido o recurso no Constitucional, assim como o pedido de aclaração, o médico avançou com um novo expediente processual: alega agora que dois dos quatro crimes por que foi condenado a sete anos de prisão já prescreveram".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG