Carlos Costa retira poderes de supervisão a vice-governador

Governador avançou com uma nova distribuição de pelouros no Banco de Portugal: além da entrada de dois administradores, o vice-governador Pedro Duarte neves perde a área da supervisão bancária, no que é visto como a primeira baixa do caso BES, escreve o Diário Económico.

Carlos Costa redistribui pelouros do board do Banco de Portugal, com as entradas de Hélder Rosalino, ex-secretário de Estado da Administração Pública, e Anrónio Varela, o novo homem-forte da supervisão. Os dois são hoje empossados pela ministra das Finanças como administradores do banco central.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG