Caos no hospital deixou Aveiro sem ambulâncias

veículos de socorro ficaram "presos" mais de três horas devido à falta de macas no Centro Hospitalar. Bombeiros de concelhos limítrofes socorreram aveirenses.

O "Jornal de Notícias" escreve na sua edição de hoje que "as urgências do centro Hospitalar do Baixo Vouga, em Aveiro, entupiram. No interior e no exterior, o caos tomou conta do hospital durante o dia de ontem. Lá dentro, os utentes desesperavam, sem poder ter acompanhantes, por o espaço estar lotado, e à porta, as ambulâncias faziam fila. A falta de macas no hospital obrigou os bombeiros a estar retidos, alguns deles mais de três horas, à porta da unidade hospitalar. O socorro na cidade ficou em risco e tiveram de ser as corporações de bombeiros dos concelhos vizinhos a evitar uma possível tragédia em Aveiro. Só perto das 18.00 é que a confusão acalmou no exterior do hospital".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG