BES Angola perdeu o rasto a 5,7 mil milhões

Conta hoje o semanário Expresso que o banco desconhece beneficiários de 80% da carteira de crédito. EX-CEO Álvaro Sobrinho foi incapaz de esclarecer situação. Existem levantamentos em numerário superiores a 500 milhões de dólares.

Escreve hoje o Expresso que o BES Angola não sabe a quem emprestou 5.7 mil milhões de dólares. A administração atual acredita que 745 milhões foram parar às mãos de Álvaro Sobrinho, presidente do banco até 2012. Dinheiro serviu para negócios da sua família e parte chegou a Portugal para financiar o jornal Sol.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG