BCE sob pressão para socorrer já Espanha e Itália

Vitória dos partidos "pró-troika" na Grécia não aliviou contágio da crise. Espanha continua sob alta pressão, tal como Itália. BCE é o único "bombeiro" por perto mas não se sabe se irá intervir.

O "Jornal de Negócios" escreve que a pressão sobre Espanha continua a agravar-se, confirmando a expectativa de alguns analistas de que a turbulência nos mercados não aliviaria mesmo com um resultado "benigno" nas eleições gregas. Os recordes nas taxas de dívida espanhola arrastaram a Itália e levaram o secretário-geral da OCDE a pressionar publicamente o Banco Central Europeu (BCE) para que venha em socorro dos dois países.

Também o Governo espanhol pediu a Frankfurt que actue "com toda a firmeza" contra a "pressão insistente" nos mercados. Mas os analistas dividem-se sobre se esse apoio será ou não prestado.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG