Banco Alimentar dá comida fora do prazo

A Presidente do Banco Alimentar admite a prática, mas garante a qualidade dos alimentos.

Segundo a edição de hoje do "Correio da Manhã", o Banco Alimentar distribui alimentos fora de prazo mas que estão em condições de serem consumidos, afirma Isabel Jonet, presidente da instituição.

"Todos os alimentos que saem do Banco Alimentar são objecto de controlo de salubridade por parte da Alicontrol, empresa certificada, e estão em condições de serem consumidos, apesar de alguns já terem ultrapassado o prazo de validade", disse a responsável, acrescentando: "Agora, por exemplo estamos a distribuir arroz que está fora do prazo. Entregamos às instituições que recebem os alimentos certificados de salubridade."

Isabel Jonet foi confrontada após uma queixa de um homem que denunciou ter recebido diversos produtos fora do prazo, no dia 6: queijo fatiado, tarte de limão, sumo de ananás, etc. A presidente do banco garante que este produtos podem ser consumidos sem problemas pelas pessoas carenciadas que os recebem.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), foi confrontada sobre a legalidade da situação, no entanto, não deu resposta. O Banco Alimentar apoia 1980 instituições e alimenta 320 mil pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG