Atacados pelo vírus reuMatic

Benfica perde com o Spartak Moscovo e baixa à última posição do grupo da Liga dos Campeões.

O "Correio da Manhã" escreve que o Benfica perdeu ontem uma boa oportunidade de recuperar pontos na Liga dos Campeões ao entrar em campo, em Moscovo, afectado por uma inusitada falta de agressividade, articulação entre sectores e concentração, uma autêntica paralisia colectiva a que poderia chamar-se "vírus reuMatic".

O sérvio entregou a bola aos russos, logo aos 3 minutos, para dar origem a um contra-ataque imparável que redundou no primeiro golo dos russos, marcado por Rafael Carioca.

O Benfica teve muitas dificulades em progredir e realizou um péssimo primeiro tempo, embora ainda tenha chegado ao empate por Lima. Mas o empate fez mal à equipa, que voltou a perder o controlo do jogo após o intervalo ficando à mercê do segundo golo dos russos, num desvio infeliz de Jardel para a própria baliza. No segundo tempo Jesus tardou em mexer e o triunfo do Spartak atira o Benfica para o último lugar do grupo, apenas com um ponto.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG