António Costa quer câmara a gerir Carris e Metro

Presidente da CML pretende que a exploração da Carris e do Metro de Lisboa seja concessionada à autarquia da capital, e não a um privado, como previsto. O Governo terá manifestado abertura para tal cenário.

O "Público" escreve hoje que "António Costa quer que a esploração da Carris e do Metro de Lisboa seja concessionada à autarquia da capital, e não a um privado, como inicialmente previsto. O Governo já terá manifestado, aliás, abertura a este cenário. Em cima da mesa das negociações está também a possibilidade de, findo o período de concessão, a titularidade do capital dessas empresas passar para o município. O autarca socialista convocou para a próxima terça-feira uma reunião da câmara, extraordinária, com um único ponto na agenda: a aprovação de uma tomada de posição sobre as "alternativas do atual modelo de titularidade e gestão" das duas transportadoras, cuja concessão a privados já foi anunciada pelo atual Executivo em 2011".

Segundo o jornal, "na proposta que vai ser discutida, António Costa afirma que o Governo "convidou" o município para participar no processo de avaliação dessas alternativas, acrescentando que nesse quadro "foi colocada a possibilidade" de este "assumir desde já a gestão destas duas empresas, mantendo-se o Estado titular exclusivo do capital".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG