100 milhões para despedir professores

Ministério da Educação tem reforço de verbas para indemnizar.

O Governo prevê gastar em 2014 mais de 285 milhões de euros com a saída de funcionários públicos dos quadros do Estado. Desse total, segundo das verbas inscritas na proposta do Orçamento do Estado para o próximo ano, mais de 100 milhões destinam-se a pagar indemnizações aos professores que cessarem funções com o Estado, em especial através do programa de rescisões amigáveis que o Ministério da Educação está a negociar com o sector, escreve o "Correio da Manhã".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG