A questão dos governos civis

A extinção dos governos civis já foi levantada muitas vezes mas foram o PSD, o CDS e o BE que recentemente defenderam o fim destes organismos já na próxima revisão constitucional. O Orçamento de 2011 prevê 27,5 milhões para os 18 governos civis, sediados em cada distrito. Lisboa, Porto e Setúbal são os únicos com aumentos de orçamento.  Muitas das atribuições dos governos civis, criados no séc. XIX, têm vindo a passar para os municípios, funcionando os governos civis como ligação do Ministério da Administra-ção Interna aos distritos na emissão de passaportes, segurança pública, protecção civil e gestão de processos eleitorais. Funções que se considera que deviam passar para a administração local. Porque assim só reflectem um aumento da despesa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG