Provas passam por cometer crimes raciais

O "Hammerskin Nation" nasceu em finais dos anos 80 nos Estados Unidos e é considerado o grupo neonazi mais violento e mais bem organizado nos Estados Unidos.

Os seus membros defendem a supremacia branca e consideram-se a "elite dos skinheads". Em Portugal, o grupo é liderado por Mário Machado. Para integrar a Hammerskin, em 2005, os "cabeças rapadas" passam anos a prestar provas, o que no código hammerskin significa cometer crimes de ódio com recurso à violência.

Seguem estratégia internacional do grupo, usam a música como veículo da mensagem política. Agora a Internet é um meio fundamental do grupo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG