PGR e forças de segurança discutem crime violento

Equipas especiais de combate ao crime em discussão na sexta-feira.

O procurador-geral da República, Pinto Monteiro, reúne-se amanhã com as forças policiais para "acertar agulhas" sobre a criação de unidades especiais de combate ao crime violento compostas por forças policiais e Ministério Público. Neste encontro vão "estudar-se medidas que aprofundem a cooperação entre o Ministério Público e os órgãos de polícia criminal", segundo fonte do gabinete de Pinto Monteiro garantiu ao DN.

Para o efeito, o procurador-geral da República convocou para o encontro o director nacional da Polícia Judiciária, Almeida Rodrigues, o comandante-geral da GNR, Nelson Santos, o director nacional da PSP, Oliveira Pereira, a directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), Cândida Almeida, os directores dos quatro DIAP e os quatro procuradores-gerais distritais. Vai ser discutida "toda a problemática de insegurança, procurando-se acertar medidas concretas que tornem mais eficaz o combate à criminalidade especialmente violenta e altamente organizada", garantiu a mesma fonte.


A reunião foi marcada na semana passada, após uma onda de assaltos à mão armada a bancos, carrinhas de valores, gasolineiras e ourivesarias, quando Pinto Monteiro anunciou a criação de unidades especiais para combater "a criminalidade especialmente violenta".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG